Fajã da Caldeira do Santo Cristo

Grande Rota das Flores - Flores

Trail Info

A Grande Rota das Flores percorre grande parte do litoral costeiro da ilha, efetuando a ligação entre Santa Cruz das Flores e a freguesia do Lajedo, situada na costa sudoeste da ilha, através de um percurso linear com nível de dificuldade elevado, que envolve alguns troços não aconselháveis a pessoas com vertigens, em especial a descida da Rocha do Risco.

Este percurso apresenta uma grande riqueza de paisagens vulcânicas, complementadas pela existência de pequenos povoados isolados e por uma vegetação rica em espécies endémicas, nomeadamente na Costa Nordeste e nas Falésias da Costa Oeste. Sempre que possível poderá aproveitar as diversas zonas balneares que o percurso oferece, bem como aproveitar a passagem pelos centros urbanos e rurais para reabastecer de utensílios necessários à sua caminhada e retemperar forças.

Este trilho está dividido em duas etapas de aproximadamente 21 km e 26 km respetivamente. A primeira etapa liga Santa Cruz a Ponta Delgada caracteriza-se por sucessivos extensos e profundos vales onde correm diversas ribeiras, que levou à implantação de uma Central Hidroelétrica, localizada no troço inicial. Além disso, a etapa percorre a costa nordeste, caracterizada por um relevo abrupto e amplo recorte com inúmeros ilhéus, penedos, pontas e enseadas, que constituem uma zona importante de nidificação de várias espécies de aves marinhas. Quanto à segunda etapa, que liga Ponta Delgada ao Lajedo, a baixa e linearizada falésia costeira entre Ponta Delgada e a Ponta do Albarnaz dá lugar a uma das mais belas paisagens litorais dos Açores, onde as fajãs lávicas e detríticas como a Fajã Grande e a Fajãzinha encontram-se separadas do Planalto Central da ilha por uma longa arriba fóssil com cerca de 300 m de altura, onde escorrem inúmeras linhas de água, formando impressionantes quedas de água na encosta, com destaque para o Poço da Alagoinha, que apresenta uma lagoa na base da arriba. Os pequenos povoados como os Mosteiros, a freguesia do país com menor população residente, confere um encanto especial à paisagem envolvente.

Uma vez que este grande trilho envolve grandes desníveis de altimetria, deverá planear o percurso, de acordo com a sua condição física, interesse e disponibilidade. Além disso, atravessa várias linhas de água, pelo que deverá ter em atenção o aumento do caudal em dias subsequentes a elevada precipitação.

Perfil

Informações

Categoria - Linear
Dificuldade - Difícil
Extensão - 47 km
Tempo Médio - 18h00
Downloads

Etapa 1 Santa Cruz das Flores / Ponta Delgada

21 km/08h00/Difícil

A Grande Rota das Flores com início em Santa Cruz das Flores (zona Este) percorre a costa Norte até Ponta Delgada (primeira etapa), continua para Sul ao longo da costa Oeste (Fajã Grande), terminando no Lajedo (Sudoeste), num total de 47 km de extensão. Existem troços onde o piso em pedra pode encontrar-se escorregadio, sendo aconselhável cautela e o uso de calçado apropriado.

A etapa tem início na parte Norte da pista do aeroporto. Com o Corvo no horizonte siga à esquerda, ao longo da estrada, até à zona elevada do Beija Mão de onde é possível apreciar a vista sobre as freguesias abaixo. Daqui o caminho desce, passando pela Reserva Florestal de Recreio Luís Paulo Camacho e mais à frente pela Central Hidroelétrica. Atravesse a represa e continue paralelo a uma levada por um caminho de terra rumo ao mar.

Chegando à estrada regional siga as marcas, com a vila da Fazenda à direita, em direção à baía da Alagoa. Continue por um caminho de terra à direita, atravessando um parque de merendas com vista para os ilhéus e que segue junto à costa para os Cedros. Atravesse esta pequena localidade em direção à Ponta Ruiva, Nordeste da ilha. Daqui o percurso segue para Ponta Delgada ao longo da costa, passando por locais de grande beleza natural como a Ponta das Barrosas onde existem vestígios de um povoamento antigo, Cabouco e Pico do Meio Dia. Ao longo deste caminho é possível apreciar vários exemplos de flora endémica como a Urze (Erica azorica), Pau-branco (Picconia azorica) e Azevinho (Ilex azorica).

Ao chegar a Ponta Delgada passe a Ermida de Nossa Senhora da Guia e termine a etapa no centro da freguesia, junto à Casa do Povo.

Etapa 2 Ponta Delgada / Lajedo

26 km/10h00/Difícil

Inicie a etapa junto à Casa do Povo com a ilha do Corvo no horizonte. Ao longo do percurso sempre que for necessário transpor uma cancela, deixar a mesma fechada. Existem troços onde o piso em pedra pode encontrar-se escorregadio e após dias de forte precipitação o caudal das ribeiras aumenta, sendo aconselhável cautela e o uso de calçado apropriado.

Siga pela estrada, por entre pastos e campos agrícolas, até o caminho virar para Sul. Neste ponto existe um desvio à direita, para o farol da Ponta de Albernaz. Após visitar o farol continue para Sul. Sensivelmente com o ilhéu de Maria Vaz à sua direita, abandone o asfalto e siga pelo caminho de terra em frente.

Desça a Rocha do Risco – atenção ao perigo de vertigens – ao longo de uma área florestal com grandes Cedros-do-mato (Juniperus brevifolia) até à Ponta da Fajã. Siga a sinalética passando pelo desvio para o Poço do Bacalhau, local com ligação a outros pontos da ilha através do percurso PR 03 FLO – Miradouro das Lagoas/Poço do Bacalhau e continue até ao centro da Fajã Grande onde é possível parar para um mergulho.

Siga as marcas junto à base da falésia por um caminho de terra e chegando à estrada, irá encontrar um desvio à esquerda para o Poço da Ribeira do Ferreiro, cartaz turístico da ilha. Após o desvio retorne pelo mesmo caminho, ultrapasse uma azenha e siga à direita por um caminho de terra paralelo à Ribeira Grande até chegar à Fajãzinha.

Atravesse a localidade, suba a encosta e continue ao longo da estrada passando por locais outrora habitados como a Caldeira, chegando à freguesia do Mosteiro. Seguindo para Sul irá encontrar, à direita, um miradouro de onde é possível observar a linha de costa e a Rocha dos Bordões, uma formação geológica caracterizada pelas enormes colunas basálticas verticais.

Daqui o caminho prossegue para Sul até ao Lajedo, passe pelo miradouro com vista para a costa e continue até centro da freguesia, local onde termina o percurso.