Fajã da Caldeira do Santo Cristo

Pico das Camarinhas - Ponta da Ferraria - São Miguel PRC43 SMI

video:

Trail Info

O trilho do Pico das Camarinhas - Ponta da Ferraria tem início junto do miradouro da ilha Sabrina, assim conhecido por ter ocorrido uma erupção vulcânica histórica em 1811 que formou uma pequena ilha a cerca de 6 km a sudeste da Ponta da Ferraria. Esta nova ilha, extremamente vulnerável à ação erosiva das ondas do mar, desapareceu passados poucos meses restando atualmente apenas um baixio.

Inicie a caminhada em direção ao Pico das Camarinhas, um cone de escórias basálticas, onde deverá subir por um caminho de pé posto em direção ao topo. Aqui, temos amplas vistas quer para a Ponta da Ferraria quer para a freguesia dos Ginetes e para o Pico do Cavalo. Deste ponto é possível ver o alinhamento de três crateras com uma orientação geral oeste-este, típico de um vulcanismo fissural.

Posteriormente deverá descer o trilho contornando as duas crateras coalescentes e ao chegar ao Caminho Velho, deverá virar à direita, onde é possível observar um domo traquítico. Chegando ao cruzamento deverá voltar à direita pela Rua Ilha da Sabrina, em direção à fajã lávica da Ferraria.

Ao longo da descida para a fajã lávica é possível observar na arriba fóssil, afloramentos pomíticos do Vulcão das Sete Cidades, por debaixo das camadas piroclásticas provenientes do Pico das Camarinhas.

Ao chegar à base da fajã lávica, deverá voltar à direita onde poderá ver na falésia, um afloramento rochoso de ignimbrito e alguns filões. O trilho contorna a fajã lávica, onde é possível observar algumas reentrâncias, arcos e a pseudocratera, uma estrutura geológica rara, formada por uma explosão freática. Nas rochas basálticas da Ferraria é possível observar xenólitos “corpos estranhos”, pequenos fragmentos rochosos que foram arrancados em profundidade e foram incorporadas na escoada lávica à superfície.

O trilho prossegue em direção à piscina termal natural, onde é possível tomar banho de mar, com temperaturas acima dos 30ºC, no período de baixa-mar.  As nascentes de águas termais contribuíram para a construção do SPA Termal da Ferraria.

O trilho continua posteriormente em direção ao Miradouro da Ilha de Sabrina, onde termina o percurso pedestre. Caso queira percorrer mais uns metros, no miradouro da ilha Sabrina, existe um pequeno atalho até ao Farol da Ferraria

Perfil

Informações

Categoria - Linear
Dificuldade - Fácil
Extensão - 4.9 km
Tempo Médio - 02h30
Classificação
Avaliar trilho
Classificação média: 3.29 / 5
Número de Classificações: 21
Downloads