Fajã da Caldeira do Santo Cristo

Flores

Grande Rota das Flores

Informação do trilho

A Grande Rota das Flores percorre grande parte do litoral costeiro da ilha, efetuando a ligação entre Santa Cruz das Flores e a freguesia do Lajedo, situada na costa sudoeste da ilha, através de um percurso linear com nível de dificuldade elevado, que envolve alguns troços não aconselháveis a pessoas com vertigens, em especial a descida da Rocha do Risco.

Miradouro das Lagoas - Poço do Bacalhau

Informações
Categoria - Linear
Dificuldade - Difícil
Extensão - 7.3 km
Tempo Médio - 3h00
Informação do trilho

Esta rota linear vai desde o interior da ilha até à Fajã Grande ao longo de uma extensão de 7,3 km. Durante o percurso sempre que for necessário transpor uma cancela, deixar a mesma fechada.

Inicie a caminhada no miradouro entre as lagoas Funda e Comprida, junto à Estrada Regional 2-2. Seguindo as marcas, contorne a lagoa Comprida pela direita, por entre flora endémica como o Sanguinho (Frangula azorica), o Cedro-do-mato (Juniperus brevifolia) e o cosmopolita Musgão/Turfeira (Sphagnum spp.).

Lajedo - Fajã Grande

Informações
Categoria - Linear
Dificuldade - Médio
Extensão - 13.1 km
Tempo Médio - 3h30m
Informação do trilho

Esta rota linear com cerca de 13 km de extensão liga as freguesias do Lajedo à Fajã Grande. Existem troços onde o piso em pedra pode encontrar-se escorregadio, sendo aconselhável cautela e o uso de calçado apropriado.

Inicie o percurso no interior da freguesia e siga as marcas ao longo da estrada até ao miradouro. Continue por um caminho empedrado na direção Norte passando por um miradouro à esquerda, com vista para os ilhéus da freguesia do Mosteiro e a Rocha dos Bordões à direita, uma formação geológica caracterizada pelas enormes colunas basálticas verticais.

Fajã de Lopo Vaz

Informações
Categoria - Circular
Dificuldade - Médio
Extensão - 3.4 km
Tempo Médio - 2h
Informação do trilho

Esta rota linear de ida e volta tem início junto ao miradouro/zona de merendas da Fajã de Lopo Vaz. Provavelmente um dos primeiros locais da ilha a serem habitados, sendo o nome Lopo Vaz proveniente de um dos povoadores iniciais da ilha.

Classificada como Geossítio inserido na Ponta da Rocha Alta e Fajã de Lopo Vaz, constituem fajãs detríticas resultantes da acumulação de sedimentos provenientes das arribas adjacentes.

Fajã Grande - Ponta Delgada

Informações
Categoria - Linear
Dificuldade - Difícil
Extensão - 12.9 km
Tempo Médio - 4h30
Informação do trilho

Este percurso tem início nas imediações do porto da Fajã Grande, na zona oeste da ilha.

Comece por seguir no asfalto em direção à Ponta da Fajã. Depois de atravessar este povoado, siga no atalho junto à falésia até encontrar a sinalética de desvio à direita. Um pouco depois, o atalho desenvolve-se por uma zona rica em espécies endémicas, com destaque para exemplares de grande porte de cedro do mato (Juniperus brevifolia).

Flores

Localização e Clima

A ilha das Flores, situada no grupo Ocidental , fica no extremo mais ocidental do Arquipélago e da Europa.

Com uma superfície de 143,11 km2, comprimento de 17 km e largura máxima de 12,5 km.

Está situada a 31º59' de longitude Oeste e a 39º25' de latitude Norte.

O clima é temperado como nas restantes ilhas, com influência da corrente do Golfo, com valores médios na ordem dos 17º C (63º F).

Portuguese, Portugal

Flores

NATUREZA

A ilha rosa

GEOGRAFIA

Os 16,6 quilómetros de comprimento e 12,2 quilómetros de largura máxima da ilha estão traduzidos nos 141,4 km2da sua superfície. É neste pedaço de terra habitado por 3 793 pessoas (dados de 2011) que o continente europeu tem o seu ponto mais ocidental. A ilha das Flores constitui o Grupo Ocidental do arquipélago em conjunto com a ilha do Corvo, que está a uma distância de 17,9 quilómetros. O ponto mais elevado da ilha, aos 911 m de altitude, está situado no Morro Alto, a 39°27’48’’ de latitude norte e 31°13’13’’ de longitude oeste.

Subscribe to RSS - Flores